Adicione ao
Skoob | Goodreads

Disponível em papel e e-book

A Sombra no Sol

Trecho: "Uma vez fui procurado por um casal. Queriam de tudo, o preço não era problema, o enfisema também não. Desfilei minha nudez impressionista com um riso no rosto que faria debandar os reflexos no espelho. De dentro da bolsa, a mulher sacou um livro que eu deveria citar durante os atos e entreatos. Basta-me fazer, não preciso falar, respondi. Mandei que os dois saíssem. Eram gado da fé, e por mais que eu pise na dignidade enquanto limpo o banheiro, jamais perdi o bom gosto nas refeições."

Acostumado a caminhar no limiar entre realidade e ficção, Armando é enviado para São Paulo com uma missão estranha até para alguém como ele: trazer um garoto de programa de volta à vida e então lhe oferecer emprego. Recebido pelo trânsito e pelo clima cinzento da cidade, sua única certeza é a de que nem mesmo os anos como gerente do NEON AZUL o prepararam para essa possível conversa.

Adiando o momento de encarar o cadáver, Armando remexe em uma mala com os pertences do morto e encontra um diário relatando a trajetória de Ícaro dos guetos à fama nas festas da alta sociedade e, posteriormente, seu encontro com a morte. Conforme vira as páginas do que julgava ser apenas um caderno de rascunho, a curiosidade se transforma na obsessão de saber o que há de tão especial naquele jovem para que ele mereça uma segunda chance. Naqueles relatos escritos à base de gozos e frustrações, ele encontrará a chave para devolvê-lo ao mundo dos vivos.

A SOMBRA NO SOL reúne textos em formato de um diário ficcional. São histórias viscerais, sem pausa para respiração, que discutem o que há por trás do desejo humano em seus acertos e desvios. Um soco na boca do estômago que nem o inexplicável é capaz de amenizar.

Conheça os outros livros